Como cancelar o recebimento do Bolsa Família? 

Mesmo que seja um número pequeno, é comum encontramos pessoas querendo descobrir como cancelar o recebimento do Bolsa Família. 

Anúncios

Por isso, resolvemos escrever para elas hoje e para quem tem curiosidade sobre esse tema. 

Portanto, leia o texto para descobrir com cancelar esse recebimento e veja também uma grande vantagem que você ganha ao fazer isso por conta própria. 

Por que devo cancelar o recebimento do Bolsa Família?

Caso sua família não atenda mais aos requisitos do programa, o ideal é cancelar o recebimento ao invés de esperar a irregularidade ser identificada e em consequência disso, ele ser bloqueado pelo governo. 

Uma das atualizações do Bolsa Família que aconteceu em 2023 foi que, as famílias que deixassem o programa por conta própria quando não atendesse mais aos requisitos, teriam prioridade se solicitasse novamente.

Anúncios

Não sabemos o dia de amanhã, e sua família pode voltar a precisar do Bolsa Família, então, para ter sempre prioridade na fila de espera, cancele o recebimento por si próprio.

Ou seja, não deixe que ele seja cancelado ou bloqueado pelo governo por sua família não cumprir mais aos requisitos de elegibilidade, que normalmente envolve aumento da renda per capita.

O Bolsa Família não deve ser visto e não é uma aposentadoria, é um recurso que vai te ajudar a passar por momentos de incertezas financeiras. 

Seja grato por não precisar mais dele e ter outro tipo de renda, também seja grato pelo tempo precisou, pois ele fez toda diferença nos momentos complicados. 

Agora que não precisa mais, veja como sair por conta própria.

+ Bolsa Família 2024: novas mudanças e atualizações no programa

Como cancelar o recebimento do Bolsa Família?

Como cancelar o recebimento do Bolsa Família

Existem algumas formas de cancelar o recebimento do Bolsa Família. Na primeira alternativa, você pode fazer sem sair de casa, pelo aplicativo do programa. 

Em primeiro lugar, você deve baixar o app Bolsa Família, o login pode ser realizado com o mesmo acesso do Caixa Tem ou cadastrar uma nova senha para o app. 

Ao fazer o login com o CPF e a senha, na página inicial aparecerá uma mensagem embaixo da consulta do seu benefício, ela diz o seguinte:

“Você não precisa mais do seu benefício ou se inscreveu incorretamente no Cadastro Único? Solicite aqui seu desligamento voluntário do Programa”. 

Acesse o botão “Clique Aqui” e prossiga com o cancelamento. 

Outra forma de cancelar o Bolsa Família é indo até o posto do CRAS da sua cidade e solicitando o desligamento voluntário. 

Nesse caso, você pode baixar um modelo de declaração de desligamento no site do Gov.BR e levar até o posto do CRAS. 

O cancelamento também pode ser realizado pelo site ou app do Cadastro Único. 

Ressaltando o que já foi dito, caso não precise mais do benefício por não atender mais aos critérios de elegibilidade, faça o desligamento por conta própria, não fique esperando por um cancelamento ou bloqueio. 

Agindo assim, além de ser o mais honesto, você será recompensando com a prioridade na lista de espera, caso necessite novamente. 

Após o desligamento voluntário, em quanto tempo posso voltar a solicitar a minha inclusão novamente?

Caso você solicite o cancelamento, mas volte a precisar desse benefício, a solicitação só pode ser realizada após 36 meses. 

O cadastro será como no início, você deve atualizar os dados no Cadastro Único e o registro da renda atual.

É importante destacar que haverá apenas o cancelamento do benefício da família e não o do cadastro.

Inclusive, você ainda pode ter acesso a outros benefícios ou serviços sociais do CadÚnico, se atender aos requisitos específicos. 

Conclusão

Neste texto você descobriu como cancelar o recebimento do Bolsa Família, mas também viu como é importante fazê-lo, caso não mais precise. 

Além disso, viu que isso traz uma grande vantagem: prioridade na fila de espera se voltar a solicitar. 

Desejamos que você nunca necessite voltar a receber o Bolsa Família, mas se acontecer, saiba que é apenas é uma fase e pode passar quanto antes. 

Infelizmente, essa não é a realidade de muitas famílias brasileiras, mas desejamos que cada vez mais famílias saiam da linha da pobreza, e que cada vez menos famílias precisem desse benefício para se sustentar. 

Embora ele faça muita diferença nas vidas dessa família, não é o suficiente. 

Caso ainda tenha mais dúvida sobre a exclusão, acesse o site do MDS