FIES: E as Mudanças no Ensino Superior

Inscrever-se no FIES pode parecer um processo complicado à primeira vista, mas com algumas informações básicas e orientações claras, é possível entender como proceder.

Anúncios

Para muitos estudantes brasileiros de baixa renda, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) representa uma oportunidade única de acessar o ensino superior em instituições privadas.

O primeiramente para se registrado no FIES é verificar se você atende aos requisitos básicos do programa. Assim também inclui ter participado do (Enem) e obtido uma média ou baixa de 450 pontos, além de não ter zerado a redação.

Com esses requisitos em mente, o próximo passo é a inscrição no site do FIES durante os períodos determinados pelo Ministério da Educação (MEC). Durante o processo de inscrição, você precisará fornecer informações pessoais, como nome, CPF, endereço e dados sobre sua situação socioeconômica.

Uma parte crucial da inscrição no FIES é a etapa de validação das informações. Isso envolve a entrega de documentos que comprovem sua renda e situação familiar.

Renda para inscrição

Anúncios

Até 3 salários mínimos, deve ser a renda total para a inscrição, além disso é claro que poderá haver mais alguma prioridades a cumprir.

Documentos comuns incluem como comprovante de renda, como contracheques ou declaração do imposto de renda, além de documentos que confirmem sua condição de estudante regular. Antes de tudo o histórico escolar ou comprovante de matrícula.

Após a validação das informações, sua inscrição, avaliada e pontuada de acordo com critérios estabelecidos pelo MEC. Os estudantes com as melhores pontuações e indicados para contratos de financiamento, levando em consideração a disponibilidade de recursos do programa.

Sendo selecionado, você vai receber um termo de financiamento, assinado e entregue à instituição de ensino na que está aprovado.

A partir daí, então a instituição fará o processo de contratação do financiamento junto ao agente financeiro responsável pelo FIES.

É importante ressaltar que, ao assinar o contrato de financiamento, você estará assumindo um compromisso financeiro que deverá ser após a conclusão do curso. Isso significa que você será responsável por pagar as parcelas do financiamento, de acordo com as condições estabelecidas no contrato.

Durante o período de utilização do financiamento, assim é importante manter-se atualizado com suas obrigações junto ao FIES.

Isso inclui manter seus dados cadastrais atualizados, como endereço e telefone, e estar atento aos prazos de renovação do financiamento, que geralmente ocorrem semestralmente.

Caso enfrente dificuldades para pagar as parcelas do financiamento após a conclusão do curso, é possível solicitar a renegociação de pagamento com o agente financeiro.

O FIES oferece opções de parcelamento e alongamento do prazo de pagamento para facilitar o cumprimento das obrigações financeiras pelos estudantes.

Para fazer a inscrição no FIES, é preciso atender aos requisitos do programa, a inscrição no site oficial durante os períodos, validar as informações e aguardar.

MODALIDADE III FIES

Uma vez aprovado, é preciso cumprir com as obrigações financeira e manter-se atualizado com os prazos e procedimentos do programa.


A Modalidade III do FIES é um caminho no programa, visa estudantes de baixa renda que desejam uma graduação em instituições privadas de ensino superior.

Diferentemente das Modalidades I e II, que tem bases no Fundo Garantidor (FIES) e exigem avalista, a Modalidade III dispensa essa exigência. É uma opção viável para aqueles que não têm fiador.

Essa modalidade tem como objetivo principal ampliar o acesso ao ensino superior, especialmente para aqueles que não possuem condições financeiras. Hoje para arcar com as mensalidades integrais das instituições privadas não está nada fácil.

Porém, é importante ressaltar que, apesar de dispensar a figura do fiador, a Modalidade III do FIES ainda exige a comprovação de renda familiar estabelecidos.

Acima de tudo quer se tornar um estudante do FIES? Então será preciso provar a conclusão de participação do ENEM e obtido algumas notas de final como descrevemos acima.

Esta opção sem um fiador, a Modalidade III busca o acesso ao financiamento estudantil, permitindo assim que mais brasileiros realizem o curso ao ensino superior.

PCD no FIES

O FIES oferece apoio para estudantes com deficiência (PCD) que desejam cursar o ensino superior. É importante garantir acessibilidade em todas as etapas do processo, desde a inscrição até a conclusão do curso.

O programa visa promover a inclusão de oportunidades, enquanto proporcionando suporte financeiro para os PCDs realizarem seus estudos em instituições privadas.

Para se inscrever, os candidatos devem atender aos requisitos básicos do FIES e, se necessário, solicitar adaptações específicas para garantir sua participação no ambiente acadêmico.

Sucesso é uma decisão
CONTINUAR

O FIES reconhece a importância de promover a inclusão de todos os estudantes, pois independentemente de suas habilidades ou limitações.

Aos novos alunos PCD é possível agora agendar antes além de ser de baixa renda, além dos autodeclarados. Confira dentro do site, uma vez que são muitas as chances de ingresso